Produtividade em vendas: 5 dicas para sua equipe vender mais e melhor

Elevar a produtividade em vendas é um objetivo que gestores e equipes comerciais perseguem – ou ao menos deveriam – todos os dias.

É algo crucial que ditará a saúde financeira e o crescimento de qualquer negócio. Contudo, não se trata de uma tarefa fácil, claro. E você sabe muito bem disso.

Os fatores que levam à uma maior produtividade em vendas são muitos. Nenhum deles pode ser ignorado. Afinal, vender mais e melhor é o somatório de alguns fatores.

Neste artigo, listamos algumas dicas e estratégias. Elas servem para tornar a rotina mais produtiva e sua equipe focada em trazer melhores resultados.

Vamos conferir?

Boa leitura!

Como ter maior produtividade em vendas na sua empresa?

Vender mais e melhor e, ao mesmo tempo, diminuir o ciclo de vendas. Esse é, sem dúvidas, o cenário ideal para qualquer negócio, não é mesmo?

O aumento da produtividade em vendas da sua equipe é a locomotiva de tudo isso. Contudo, não podemos confundir, neste ponto, as coisas.

Ser mais produtivo não significa trabalhar mais. Significa trabalhar melhor. 

Como resultado (e usando as estratégias corretas) os índices de sua equipe irão melhorar.

Por exemplo, em nada adianta aumentar a carga horária do seu time. O efeito pode ser o oposto.

Para ajudar você, separamos algumas estratégias para seu time produzir mais em vendas.

Confira:

1 – Organize a rotina de trabalho

Planeje o trabalho e trabalhe o plano. Esse é um mantra que precisa ser levado adiante por quem deseja ser mais assertivo naquilo que faz. Vale para a vida e vale, claro, para vendas.

A organização é essencial para tornar a rotina produtiva. Por exemplo, isso passa por uma equipe que tenha uma agenda organizada. Que saiba todas as tarefas importantes a serem feitas bem e distribui bem as tarefas ao longo do dia.

Vamos pegar como foco a rotina de um vendedor. Ele pode separar horas da manhã para fazer follow up nas propostas já feitas. Ou então prospecção de clientes – depende da estrutura do setor de vendas.

Sendo assim, uma boa gestão do tempo deixaria a parte da tarde somente para novas vendas, atendendo agendas marcas.

Veja bem. Essa organização é crucial para que nenhuma tarefa passe batida.

Algo que ajuda neste sentido são script de vendas prontos. Afinal, o vendedor, já sabendo previsivelmente as dores do cliente, poderá se antecipar a elas com mensagens prontas (mas de valor!)

Esse script não precisa ser fechado. Ele pode – e deve – ser adaptado à realidade de cada negociação.

2 – Qualifique a sua equipe de vendas

Treinamento. Muito treinamento de vendas! Esse item é essencial para que o processo possa ser constantemente revisado e azeitado.

É algo básico e, se sua empresa não faz: pare tudo e comece a estruturar!

Aprimorar-se é focar naquilo que realmente importa: seus clientes. É estar ciente de que tudo será feito para gerar valor para ele e garantir mais vendas.

É entender onde o processo é forte e onde não é. Ter ciência das dores do cliente e quais ações podem ser feitas (e em que tempo) para ganhar e reforçar a confiança entre empresa e cliente.

Estar em sintonia com as melhores práticas, com aquilo que os consumidores esperam: isso é aumentar a produtividade em vendas.

3 – Use um sales playbook

O playbook de vendas é um documento valioso para o processo comercial de qualquer empresa.

A bem da verdade, ele é um “organismo vivo” e precisa ser constantemente atualizado por quem está na linha de frente em vendas.

É neste documento que estará todo o conhecimento de vendas da empresa. E tudo o que os vendedores e SDR precisam saber para trabalharem de forma assertiva.

Preços, planos, comissionamento detalhado, metas mensais, catálogo de produtos e serviços… tudo isso deve estar lá dentro.

E muito mais, como gatilhos mentais, estratégias para contornar objeções, modelos de emails, modelos de mensagem ao cliente, etc.

Apoiar-se no playbook de vendas é garantir que cada contato com o cliente será otimizado. Além disso, irá acelerar o conhecimento de novas pessoas do time de vendas, deixando-as prontas mais cedo para vender.

4 – Tenha tecnologia no setor de vendas

A tecnologia é um dos pilares essenciais para aumentar a produtividade em vendas.

Um bom sistema CRM dá aos gestores e vendedores o total controle sobre as vendas.

A tecnologia existe para qualificar todos os contatos com os clientes. Além, claro, de organizar e centralizar informações e tornar todas as ações ágeis (e algumas automáticas).

Ela existe para empoderar as pessoas. Afinal, elas não perdem mais tempo preenchendo planilhas, perdendo valiosas horas em que podiam estar prospectando, qualificando e vendendo.

5 – Tenha chat e CRM integrados

Mas, para a tecnologia realmente fazer sentido, é preciso ter as ferramentas certas.

O CRM PipeRun e a Polichat contribuem, juntos e de forma decisiva, para aumentar a produtividade de vendas.

É muito fácil integrar as duas ferramentas. Isso é possível graças ao PipeRun MAX. A extensão para Google Chrome do CRM PipeRun nasceu para acelerar o processo de vendas de qualquer negócio.

A integração junto a Polichat traz muitos benefícios para as empresas. Afinal, você usa ambas as ferramentas lado a lado, na mesma tela.

Ou seja, você atende o cliente pela Polichat e atualiza a oportunidade dentro do CRM PipeRun.

Então, esqueça o “CTRL + C e CTRL + V”. Você não precisa mais alternar as guias do seu navegador. A produtividade em vendas é a realidade do seu negócio quando você integra as duas plataformas.

Por exemplo, com o PipeRun MAX, você:

  • Cria e atualiza dados de contato, clientes, empresas e oportunidades;
  • Move oportunidades de etapa em qualquer funil;
  • Cria tarefas para cada oportunidade;
  • Com poucos cliques, enviar propostas e contratos, etc.

Quando você integra Polichat e CRM PipeRun, seu time ganha produtividade em todas as etapas do processo.

Vender mais, melhor e mais rápido será apenas consequência.

*Este guest post foi escrito pelo CRM PipeRun.

Olá 👋
Como podemos ajudar você?